Querido Pai Natal…

Querido Pai Natal…
Não me lembro da última vez que te escrevi e sinceramente não sei se alguma vez o fiz. Mas este ano decidi que seria diferente, iria resgatar em mim a inocência da infância, pegar numa caneta e escrever-te uma carta com os meus desejos de Natal.
E sabes o que é que esta linda menina, que se portou muito bem durante todo o ano, deseja no sapatinho? A Cura para a Endometriose!
Calma Pai Natal! Não te enerves! É um pedido tão legítimo como qualquer boneca ou carrinho telecomandado. E sabes porquê? Porque 1 em cada 10, das meninas que te escreveram este ano a pedir presentes, vai sofrer desta doença. Infelizmente é verdade. E pode ser a minha filha. Ou a Sofia, ou a Mariana, ou a Mafalda, ou a Francisca… Qualquer uma delas pode vir a ter esta doença durante a sua vida fértil, e os médicos demorarão uma média de 8 anos a dizer-lhes o que se passa com elas e a ajudá-las. Elas vão sofrer muito Pai Natal… Vão chorar noites a fio e vão contorcer-se com dores deitadas no chão da casa de banho. Vão faltar à escola e sentir-se diferentes de todas as amigas. Vão tomar um comprimido atrás do outro e pensar que estão doidas. A família delas vai mesmo pensar que elas estão a exagerar [mas não estão!]. Vão passar por dores tão fortes que vai haver momentos em que podem querer desistir de viver. Vão coleccionar idas às urgências e exames que nada mostram e, em alguns casos, cirurgias que em nada ajudam…
E sabias que as meninas que hoje te pedem uma boneca porque já gostam de fingir que são mães, podem nunca concretizar esse desejo por causa da Endometriose? Eu ainda brincava com bonecas quando tive os meus primeiros sintomas… E isso Pai Natal, é algo que nunca vou esquecer. Felizmente consegui passar das bonecas à realidade e hoje tenho uma filha com três anos. Mas já agora Pai Natal, junta-me ao sapatinho uma boa explicação para lhe dar quando ela perceber que não poderá ter irmãos biológicos por causa da Endometriose. Sim Pai Natal, como é que eu explico à miúda que esta barriga, na qual ela tanto gosta de apreciar as cicatrizes, não pode mais ter bebés cá dentro? Como é que lhe explico isso se à volta há sempre alguém que lhe diz para pedir um mano à mamã para brincar?
A esta hora já estás a coçar as barbas e a pensar que se calhar o meu pedido não é assim tão disparatado… Eu queria mesmo mesmo a Cura para Endometriose, não por mim Pai Natal, que já nada apaga as dores que eu sofri, os órgãos que eu perdi, as cicatrizes que coleccionei e os sonhos que deixei. Eu queria a Cura para a Endometriose por todas as meninas que hoje te escrevem inocentemente a pedir presentes. Para que nunca nenhuma delas tivesse de passar pelo que eu passei. Para que nenhuma delas tivesse de chorar metade do que eu chorei…
Eu sei que te estou a pedir o impossível Pai Natal, mas sabes… Se ao menos partilhasses esta minha carta com todas as famílias do mundo onde vais deixar os teus presentes neste Natal, quando os primeiros sintomas surgissem a estas meninas, já tudo seria diferente. À volta delas já todos saberiam que existe uma doença chamada ENDOMETRIOSE que ainda não tem cura, mas já tem bons tratamentos. Conto contigo Pai Natal?!

Um beijinho desta eterna criança
Susana Fonseca

Dear Santa…
I can’t remember the last time I wrote you a letter. In fact, I’m not sure if I actually did send you a letter in the end. This year it will be different though. I decided to wake up my inner child, grab a pen and write down a letter to you with my Christmas wishes.
Can you guess what this well behaved pretty little girl wants for Christmas?… The cure for Endometriosis!
Take it easy Santa! Don’t get all fussed about it! It’s as good a wish as any doll or little toy car. Do you know why? Well, that’s because 1 in 10 of those girls that ask for a present this year will have Endometriosis. That is unfortunately true. And that girl could well be my daughter. Or Sofia, or Mariana, or Mafalda, or Francisca… Any of them will probably have the desease during their fertile years. Doctors will take an average of 8 years time to tell them what is going on and help them. These girls will endure a lot dear Santa… They will cry endless nights with pain lying on the bathroom floor. They will miss school and feel different from all their friends. They will take one pill after the other and believe they are going crazy. Even their family will think they are exagerating (but they are not!). These girls will endure so much pain that they will sometimes wish they were dead. They will pay many visits to the hospital and they will gather a wide range of medical exams showing nothing. In some cases, they will face surgeries that won’t help and may even make things worse…
Do you know that girls wishing for a doll today so they can pretend they are mommies, may actually never fulfill that wish thanks to Endometriosis? I was still playing with my dolls when the first symptoms hit me… That is something I will never forget dear Santa.
Fortunately I moved foward from dolls and I am.now a happy mother of a three year old little girl. By the way, dear Santa, can you add to my Christmas wishlist a sound explanation when she realizes she won’t have any biological brothers or sisters due to Endometriosis? Yes dear Santa, tell me how should I explain to her that this tummy where the scars are often her playground, can’t have any more babies inside? How should I explain if just someone jokes about asking mommy for a little brother or sister to play with?
By this time you must be scratching your beard and thinking that maybe this is not a silly request afterall… I really wish for a cure, not for me Santa, not anymore. Nothing erases the pain I have suffered, the organs I have lost, the scars that are engraved in me and the dreams I left behind.
I wish for a cure for Endometriosis to all the little girls innocently writing to you asking for presents. I wish that none of them ever has to endure what I have endured. None of them have to cry half what I have cried… I know I am asking the impossible dear Santa.
But, you know what? If only you could share this letter with all the families in the world where you are going to deliver your presents for this Christmas… I believe that when the symtoms would show up to some of the girls, it would all be very different. Everybody around them would know that such a desease called Endometriosis exists. It still doesn´t have a cure but there are good treatments available. Can you do that for me dear Santa?!

A kiss from forever a child
Susana Fonseca