xa1

Glúten – Amigo ou Vilão?

Muito se tem falado nos últimos ano sobre o glúten! Mas afinal, ele é amigo ou é vilão?

Onde o podemos encontrar?
Encontra-se presente no trigo, centeio e cevada. 
A aveia na sua essência é isenta de glúten, no entanto na Europa ela é cultivada junto aos campos de trigo e ocorre contaminação cruzada. Contudo também poderá recorrer à aveia isenta de glúten.

“Embora existam poucos estudos sobre possíveis ligações entre a doença celíaca e endometriose, alguns relatos de mulheres com doença celíaca, indicam que a endometriose pode ser mais comum nelas que na população em geral. Outros estudos demonstram que a doença celíaca é 4 vezes mais comum em mulheres com endometriose.” – IPGO – Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia

Sintomas como: diarreia, perda de peso, dor abdominal, gases, perda de apetite, entre outros, comuns em doentes celíacos e em algumas portadoras de endometriose, mostram que uma dieta pobre em glúten pode melhorar estes sintomas.

  • Alimentos isentos de glúten: 
    • Batata, arroz, amaranto, quinoa, milho, mandioca, tapioca, trigo-sarraceno, alfarroba, araruta, sorgo;
    • Mel, melaço, compotas caseiras; 
    • Carne, pescado e ovos; 
    • Hortofrutícolas; 
    • Leguminosas, frutos oleoginosos e sementes; 
    • Lacticínios; 
    • Azeite e gorduras vegetais; 
    • Sal, especiarias e ervas aromáticas; 
    • Água, chás, infusões e café; 
    • Fermento biológico. 

Cada paciente é única e é de extrema importância que seja feita uma consulta de nutrição para compreender que alimentos são necessários retirar numa primeira fase da . Muitas vezes é importante manter pequenas doses de glúten na dieta, sob pena de, com a sua total ausência, se provocarem intolerâncias maiores. Noutros casos, quando a paciente apresenta mesmo intolerância grave ao glúten a melhor opção poderá mesmo passar pela sua exclusão!

Para informação sobre consultas de nutrição online por favor enviem email: [email protected]

Texto: Dra. Ana Parreira – Nutricionista C.P. – 1506N
Revisão: Susana Fonseca

Tags: No tags

Add a Comment

You must be logged in to post a comment