Endometriose

A endometriose é uma doença inflamatória, estrogénio-dependente, que se caracteriza pela presença de glândulas e estroma endometrial em localização extrauterina, provocando uma resposta local inflamatória. É considerada uma doença crónica que, na maioria dos casos, não tem cura e apenas pode ser controlada. Esta patologia, que afeta aproximadamente uma em cada dez mulheres em idade reprodutiva tem atualmente um impacto económico e psicossocial significativo.
saber mais

Etiologia

A endometriose terá sido identificada pela primeira vez em 1860. Dois séculos depois, esta patologia feminina é ainda um enigma. A verdadeira causa da endometriose é desconhecida e tem sido objeto de várias discussões. Existem vários estudos e teorias, embora nenhum consiga explicar completamente por que motivo surge a doença. Desta forma, não existe, até à data, uma justificação totalmente aceite, mesmo no seio da comunidade de especialistas
saber mais

Sinais e Sintomas

A queixa mais comum na endometriose é a dor, presente em 80% das mulheres. Esta pode ser expressa através de várias manifestações, e inclui dismenorreia, dispareunia, dor pélvica crónica, disúria e disquézia. Os sintomas desta patologia variam de mulher para mulher em intensidade e extensão. Nem sempre o nível de extensão da doença corresponde a uma maior intensidade de sintomas, sendo até algumas mulheres assintomáticas.
saber mais

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES

Temos à sua disposição um consultório médico on-line com o objectivo de responder às dúvidas que ainda não estejam respondidas no nosso site.  Reforçamos que as respostas aqui apresentadas não substituem nem invalidam uma consulta com o seu médico ou acompanhamento com um especialista em Endometriose, não esquecendo que quanto mais cedo diagnosticada a doença mais sucesso poderá ter o tratamento.
Vários estudos demonstram a relação directa entre o que ingerimos e o impacto na evolução da sintomatologia da Endometriose. A informação sobre esta temática é vasta, mas encontra-se muito dispersa. No sentido de a agrupar e de disponibiliza-la de forma mais acessível, criámos um Gabinete Nutricional no nosso site, tendo para tal o apoio da Dra. Ana Parreira, nutricionista dedicada a esta patologia.